Ó PESSOAL...

...Visitem-se uns aos outros...cliquem nos cartões e conheçam os outros sócios.
Não deixem também de ver as publicações anteriores. Há sempre coisas interessantes que por vezes nos passam ao lado...

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Zeus, nos seus dias bons


Citando: «Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.»

Este é dos textos [astrológicos] mais ousados que alguma vez li na vida. Um texto dos Novos Tempos. Um texto para a Nova Jerusalém. Um texto para a Era de Aquário. Claramente, uma sentença que só os senhores deuses do Olimpo poderiam proferir. Uma frase própria de Zeus, nos seus dias bons. O «mito» tornado real? Neptuno. Júpiter [Zeus, dono do pedaço] como regente tradicional de Peixes e Sagitário. Leiam com atenção, pois neste texto está presente todo o conceito da roda do zodíaco. E o que não esteja escrito, encontra-se nas entrelinhas.

Citando o Art. 13º, n.º 2 da Constituição Portuguesa.

Daqui: Cova do Urso